Baratas acabe com essas inimigas da higiene

Baratas acabe com essas inimigas da higiene – As baratas são pragas urbanas que invadem imóveis e trazem sujeira e risco de doenças aos humanos. Saiba como se livrar das baratas!

Verão é a estação dos extremos. Há dias em que o sol está escaldante e o calor insuportável. Em outros, a chuva é torrencial e por vezes causa estragos. Este cenário paradoxal é ambiente perfeito para a proliferação de uma praga, a barata, que causa aversão às pessoas e que ultimamente tem aparecido com mais intensidade. As baratas são verdadeiras inimigas da higiene e, consequentemente, da saúde. Mas elas podem ser controladas.

Estamos vivendo uma época totalmente atípica, pois a infestação de baratas em Porto Alegre está muito grande: A dona de casa já deve ter percebido isso, pois, em 38 anos que trabalhamos na área, nunca vimos tanta incidência de baratas como agora. Possivelmente, o grande fator que resultou nessa infestação foi o clima, quente demais e úmido.

A barata mais comum, é a Periplaneta americana, grande, de origem americana, que habita principalmente esgotos, depósitos ilegais de lixos e onde há muita sujeira. Mas também há a incidência da barata pequena, de origem germânica, que mora em cozinhas, atrás de azulejos e até mesmo dentro de motores. A barata americana vive cerca de três a quatro anos e pode gerar até 800 descendentes. A Blatella germanica, barata pequena, vive cerca de um ano e gera, aproximadamente, 20 mil descendentes.

As baratas são atraídas por

Qualquer coisa pode ser alimento para as baratas. Por isso é que elas se reproduzem com facilidade e invadem as casas à procura de comida. Alimentos fora da geladeira, lixo acumulado e outros produtos que se decompõem com mais facilidade em virtude do calor chamam baratas.

Dentre alguns alimentos das baratas, podemos destacar:

Alimentos doces, gordurosos e de origem animal; Mas também gostam de cerveja, cremes, produtos de panificação, colas, materiais vegetais, cabelos, células descamadas da pele, cadáveres e detritos de esgoto; Trata-se, sem dúvida, de um cardápio bem variado.

Como controlar essas pragas, as baratas?

A barata grande, a Periplaneta americana, é a de controle mais fácil, pois, ela se arrasta pelo chão e qualquer produto bom que for aplicado é eficaz. Já a Blatella germanica, a barata pequena, é a que dá maior trabalho para os profissionais da área: Como é menor, ela consegue se esconder em lugares inacessíveis e tem menos contato com o inseticida.

Quanto mais higiene no local, melhor é o controle de baratas. Podemos dizer que 80% do controle de baratas se dá com produtos químicos. Os 20% restantes é somente higiene.

Algumas dicas valiosas para afastar as baratas são:

Manter sacolas de lixo e caixas de esgoto bem fechadas; Colocar o lixo para fora de casa no horário em que o caminhão coletor passa, pois assim evita que animais vasculhem as sacolas e espalhem o lixo; Também, lavar periodicamente a lixeira; Higienizar ralos de cozinha; Fechar janelas ao entardecer; Preservar a bancada da pia bem limpa e seca durante a noite.

Com a grande variedade de produtos inseticidas no mercado, qualquer pessoa pode realizar a aplicação no combate as baratas. No entanto, o acompanhamento de um profissional é importante, pois ele tem condições de avaliar qual produto é o mais indicado para cada caso.

Prevenir é melhor que remediar: Tem pessoas que, por desconhecimento, usam uma dose muito baixa de veneno, e isso faz com que o inseto, a barata, crie resistência àquele produto. Com isso, provavelmente, vai ser necessário realizar mais uma aplicação, gastando de novo e contaminando um pouco mais o meio ambiente.

Cuidado, as baratas transmitem doenças

O que para alguns. as baratas é apenas um bichinho inofensivo, pode colocar a vida das pessoas em risco. Por viverem em esgotos, as baratas são vetores de muitas doenças, pois, em suas patas, existem milhões de micro-organismos transmissores de doenças.

Alguns dos exemplos de doenças transmitidas pelas baratas são:

Alergia; Intoxicação alimentar; Infecções de inúmeras ordens; Lepra; Hepatite A; Febre tifoide. Baratas de dia? Abra o olho! As baratas têm hábitos noturnos. Isso significa que, se elas são vistas à luz do dia, o problema pode ser maior: Se as baratas aparecerem de dia, provavelmente o ninho delas está com uma superpopulação, o que faz com que nem todas tenham espaço lá. Nestes casos, o controle vai ser mais complicado, e o trabalho de um profissional torna-se fundamental.