Manual de Pragas Urbanas

Construsul Desentupidora Porto Alegre 24 Horas: Manual de Pragas Urbanas – O povo brasileiro não tem noção e a dimensão exatas de que as pragas urbanas e vetores custam à nação brasileira, refletindo de maneira negativa do Brasil no exterior, no custo Brasil e em diversas áreas, como: na exportação, no custo do SUS e do INSS, no turismo, nos agronegócios, produção industrial entre outros. 

Baratas, a praga urbana de maior incidência

Baratas, a praga urbana de maior incidênciaOs tipos mais comuns, no Brasil, em área urbana são: Blatella germanica: conhecida por baratinha de cozinha (locais onde preferem se alojar), também é conhecida como francesinha ou paulistinha, devido as faixas longitudinais claras e escuras que possui em seu dorso lembrando as respectivas bandeiras.

Mede, aproximadamente, 1,2 centímetros, em 300 dias (tempo médio de vida), pode gerar até 300 ovos. Periplaneta Americana: conhecida por barata de esgoto (local de habitat), apresenta coloração marrom-avermelhado e tamanho em torno de 4,5 centímetros. Possui tempo médio de vida de 2,5 anos, produzindo até 810 ovos.

Doenças transmitidas pelas baratas:

Depois da mosca doméstica, são as pragas urbanas que mais transmitem microrganismos causadores de doenças, podendo transportar cerca de 40 tipos de bactérias patogênicas (que causam enfermidades).

Formigas, uma praga urbana frequente no verão

Formigas, uma praga urbana frequente no verãoDentre as espécies de formigas de maior ocorrência e importância em área urbana, tem-se: Tapinoma melanocephalum (formiga fantasma), Paratrechina longicornis (formiga-louca) e a Monomorium pharaonis (formiga-faraó) todas originadas da África.

Doenças transmitidas pelas formigas:

As formigas são nocivas, pois transportam em seu corpo microrganismos patogênicos, atuando como vetores e doenças. Também podem destruir colheitas. As formigas atuam como vetores de infecções provocadas por fungos no ambiente hospitalar e residencial.

Pombos também são pragas urbanas

Pombos também são pragas urbanasOs pombos, apesar de serem considerados símbolos da paz, transmitem uma série de doenças, que podem levar até a morte.

Doenças transmitidas pelos pombos:

Criptococose (mal das cavernas);
Histoplasmose;
Ornitose (psitacose);
Salmonelose;
Além de dermatites e alergias.

A maioria dessas doenças é transmitida ao homem através das fezes de pombos contaminadas, pela aspiração de partículas contaminadas por presentes nos dejetos secos e pela contaminação dos alimentos mal lavados.